segunda-feira, 2 de agosto de 2010

O Faraó Negro - Livro


Os templos do Norte do Egito estão desertos, os deuses foram esquecidos. Todos têm um único objetivo: a obtenção máxima de lucro.

É o reinado da injustiça e da corrupção.

Cinco séculos depois de Ramsés, o império, longe do esplendor do passado, parece caminhar rapidamente para a ruína irreparável.

Um homem — um núbio — não aceitará essa fatalidade. Piankhy, “o Vivo”, o faraó negro, governa o reino do Sul com sabedoria e bondade.

No coração, um único desejo: que os deuses voltem a residir no Egito unido, nutrido de justiça e amor.

Mas o preço a pagar será muito alto para esse homem adepto da paz: ele terá que enfrentar o líbio Tefnakt, um príncipe do Norte autoritário e ambicioso, que pretende impor sua ordem e reinar glorioso — dominando o país pelo terror.

A guerra entre o faraó e o príncipe é inevitável. E da vitória de um desses líderes depende a sobrevivência de uma cultura milenar...

Apesar de sua coragem e dos poderes mágicos de sua esposa, será o faraó negro capaz de reverter o jogo?


Quando se trata do Egito, Christian Jacq é imbatível. Sua forma de descrever os templos, as cidades, as magias, são música e harmonia para nossos olhos e ouvidos.
Ele fala com propriedade da claridade secreta que só é visível aos olhos do coração. Fala do mistério da vida, que não pode ser explicado, mas pode ser vivido e partilhado.
Fala da esposa do faraó negro, de seu amor pelo Egito, da sua beleza núbia, de sua sabedoria.
Mas é chegada a hora de reunificar o Egito e continuar a ser o faraó das duas terras. Será ele capaz?
Encontrar as sacerdotisas, rever Tebas, Karnac... andar pelo Egito...
Vale a pena ler o livro!!

Autor: Christian Jacq
Editora: Bertrand Brasil

3 comentários:

La Sorcière disse...

Christian Jacq é um dos meus escritores preferidos! E esse livro está na minha wish list!
Bjks
Alê

Marliborges disse...

Que resenha hein, Silvia! Fiquei louca pra ler o livro. Só li um livro de Christian Jacq e gostei muito. Mas confesso que havia me esquecido. Que bom, você me fez lembrar. Quero ler!!!! Queroooo!
Bjsssssssssss

Paulatictic disse...

Olá!
Adorei a resenha, vou colocar na minha lista de "livros que tenho que ler"
beijos